sexta-feira, 28 de abril de 2017

Falsa alegria nas mídias sociais



Reflexão do dia: Para você, amigo(a) que ainda está em negação de si mesmo, olhe para dentro. Procure o gatilho que fez com que você se escondesse atrás de falsas postagens alegres, de frases "wannabes", fotografias de sorriso apenas para uma plateia que não liga a mínima para essas coisas triviais. Olhe para dentro, e não para fora, pro outro, aquele que também tem a sua vida (falsa ou não). Você, olhe para você, para o seu interior, e faça a pergunta: qual é o meu problema? É realmente necessário usar tanta máscara de carnaval apenas para mostrar ao outro que você está "bem"? Enganar a si próprio surte algum efeito "curatório"? Se sua vida está uma miséria, apenas olhe para ela e dialogue. Entrem num consenso. Eventualmente, nesse mundo de falso diário virtual, ninguém precisa saber, exceto se você se sentir bem em pedir ajuda. Hey, para de fingir que está tudo bem. "Está tudo bem não estar bem". Entendeu? Não viva se sabotando. Seja real. Se ajude. (GABRIELLA GILMORE) Sobre a vida "maravilhosa" das mídias sociais, onde tudo é "lindo e gostoso". Mas quem se importa?